quarta-feira, 3 de junho de 2015

Santificação Conjugal

O que quer dizer "santificar" em 1 Coríntios 7:14?

Comentando sobre casais onde uma pessoa é cristã e a outra descrente, Paulo disse: "Porque o marido incrédulo é santificado no convívio da esposa, e a esposa incrédula é santificada no convívio do marido crente. Doutra sorte, os vossos filhos seriam impuros; porém, agora, são santos" (1 Coríntios 7:14). Que tipo de santificação é essa? Ele está sugerindo que uma pessoa pode ser salva pela fé do cônjuge ou a dos pais?
Santificar quer dizer "separar" ou "colocar à parte". Muitas vezes, a palavra descreve um processo espiritual no qual somos separados do mundo e justificados por Cristo, ou seja, salvos do pecado. Esse é o sentido mais comum da palavra no Novo Testamento. 1 Coríntios 6:11 diz: "...vós vos lavastes, mas fostes santificados, mas fostes justificados em o nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus" (veja, também, Efésios 5:26; Hebreus 2:11; etc.).
Outras vezes, a palavra é usada para descrever a separação de uma coisa ou uma pessoa para uma determinada função. Considere alguns exemplos:
No Velho Testamento, Deus santificou o sétimo dia para descanso (Gênesis 2:3).
Arão, seus filhos e suas vestes foram santificados para serviço no tabernáculo (Êxodo 29:21).
O ano de jubileu foi santificado para libertar as pessoas e suas posses (Levítico 25:10).
Homens santificam a Deus e o seu nome, como o único que merece louvor (Isaías 29:23; Mateus 6:9).
O ouro no templo e as ofertas no altar foram santificados para o serviço ao Senhor (Mateus 23:17,19; compare Romanos 15:16).
Alimentos são santificados para o nosso bem (1 Timóteo 4:3-5).
Cristãos são santificados para boas obras (2 Timóteo 2:21).
Esses exemplos ajudam quando chegamos a 1 Coríntios 7:14. A santificação de cônjuges descrentes e de crianças não é questão de salvação, mas de serem apropriados para a criação e manutenção da família. O homem descrente, nesses casos, é separado (designado) para ser marido, e a esposa cristã não pode mandá-lo embora. A salvação dele é possível, mas só se ele for ganho pela palavra e pelo exemplo da esposa (1 Pedro 3:1-2; 1 Coríntios 7:16). De semelhante modo, cada filho tomará sua própria decisão sobre o evangelho, tomando para si a fé em Cristo (2 Timóteo 1:5).