quarta-feira, 15 de março de 2017

Espaço Obreiro Aprovado - Tema da Semana: A importância de se ter uma Cosmovisão Cristã - Por Thiago S. Panzarrielo





O apóstolo Pedro em sua primeira epístola nos alerta: “estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós” (1 Pe 3.15b).  Este aviso é extremamente atual e relevante, pois nem todos os evangélicos, sobretudo jovens sabem expor a sua fé de maneira racional e objetiva, conforme a recomendação de Pedro.
Desta forma, é necessário e urgente o estabelecimento de uma cosmovisão cristã. Cosmovisão, é a maneira como enxergamos a realidade ao nosso redor, são as lentes, ou óculos pelos quais, discernimos a realidade. E isto não só, interfere, como molda nossa maneira de viver. “Com efeito, cosmovisão cristã é o modo como olhamos para este mundo a partir dos pressupostos bíblicos e aplicamos os seus princípios a todas as esferas da sociedade, seja na igreja, no trabalho, na escola, na faculdade ou no governo” (NASCIMENTO, 2016, p. 32).
Ademais, o cristianismo e os cristãos sofrem vários tipos de ataques, especialmente os jovens, que geralmente são ridicularizados por escolherem viver os princípios do evangelho. Entretanto, é necessário também argumentar de forma racional a fé cristã. Pois se os cristãos, especificamente os jovens evangélicos, não souberem refutar quando forem questionados, se tornarão vulneráveis a cosmovisões nocivas e a ideologias perversas que tem como premissa, em muitas vezes, o relativismo moral, cultural e religioso.
Neste campo de batalha intelectual e ideológico, não podemos perder território. A juventude deste século vive na era da informação e do conhecimento, logo é inevitável uma mudança de patamar no ensino das igrejas. Não basta ensinar histórias bíblicas e vida cristã, é primordial o ensino da boa teologia cristã ortodoxa, doutrina bíblica, apologética, história da igreja, para que a nossa juventude tenha um verdadeiro arsenal intelectual, objetivando não perdê-los para o mundo.
Por isso, a urgência, importância e relevância da cosmovisão cristã, pois é ela que vai nos informar que a perspectiva cristã vence todas as demais, pois responde e argumenta de forma inteligível e racional as grandes questões da humanidade, as quais outras cosmovisões deixam a desejar: “De onde viemos? (criação); Qual o dilema humano? (queda); e O que podemos fazer para solucionar o dilema? (redenção). E a maneira como vemos o mundo orienta a maneira como trabalhamos para mudar o mundo (restauração).” (COLSON; PEARCEY, 2006, p. 297). Logo, é essencial e imprescindível a construção de uma cosmovisão cristã.

Referências:
COLSON, Charles; PEARCEY, Nancy. O cristão na cultura de hoje: desenvolvendo uma visão de mundo autenticamente cristã. Rio de Janeiro: CPAD, 2006.
NASCIMENTO, Valmir. O cristão e a universidade: um guia para a defesa e anúncio da cosmovisão cristã no ambiente universitário. Rio de Janeiro: CPAD, 2016.