quarta-feira, 29 de março de 2017

Momentos Marcantes no final da vida do Apóstolo Paulo - Parte Final - A Trajetória de um Verdadeiro Homem de Deus



Ninguém me assistiu na minha primeira defesa, antes todos me desampararam. Que isto lhes não seja imputado; Mas o Senhor assistiu-me e fortaleceu-me, para que por mim fosse cumprida a pregação, e todos os gentios a ouvissem; e fiquei livre da boca do leão; E o Senhor me livrará de toda a má obra, e guardar-me-á para o seu reino celestial; a quem seja glória para todo o sempre. Amém.  (2 Timóteo 4:16-18)

Chegou o momento de nos despedirmos de um estudo tão grandioso e maravilhoso que são os momentos finais da vida do Apóstolo Paulo. Vimos aqui suas necessidades, suas debilidades, suas angústias, seus momentos de dor. Mas Paulo jamais deixou de confiar no Soberano e Exaltado Senhor da Glória. O final de sua trajetória, foi marcado por dores, mas bendito seja o Senhor, que o fortaleceu e o revestiu de forças. Paulo estava sozinho, sem provisões básicas. O maior líder do Cristianismo não tinha sequer uma capa surrada para se proteger do frio. Estava idoso, carente. Trabalhou por muitos, e ainda assim, terminou precisando de provisões. Este homem de Deus, não se entregou para césar, nem para os homens, ele se entregou para Deus. Ele se ofereceu como sacrifício vivo ao Senhor dos Senhores. Começou como caçador, terminou como caça, começou na Lei, concluiu a sua vida debaixo da Graça do Senhor Jesus. Era instruído por homens letrados, teve um ensino completo vindo do próprio Senhor Jesus. Este homem, cuja história é tão marcante, tão bela, tão emocionante, enfatiza em seu momento de martírio, o brado de honras e de glórias ao Senhor: Mas o Senhor assistiu-me e fortaleceu-me, para que por mim fosse cumprida a pregação, e todos os gentios a ouvissem; e fiquei livre da boca do leão; E o Senhor me livrará de toda a má obra, e guardar-me-á para o seu reino celestial; a quem seja glória para todo o sempre. Amém.  (2 Timóteo 4:17-18).
Que Deus nos ajude, irmãos e irmãs, neste tempo de incredulidade, de apostasia, de falta de amor às pessoas e ao genuíno e puro evangelho, à levantar homens e mulheres de Deus, na ênfase deste grande apóstolo, como ele menciona:  Sede meus imitadores, como eu sou de Cristo (2 Co 11.1).

Que o Senhor Deus os abençoe e até o próximo estudo.

Ninguém me assistiu na minha primeira defesa, antes todos me desampararam. Que isto lhes não seja imputado.
Mas o Senhor assistiu-me e fortaleceu-me, para que por mim fosse cumprida a pregação, e todos os gentios a ouvissem; e fiquei livre da boca do leão.
E o Senhor me livrará de toda a má obra, e guardar-me-á para o seu reino celestial; a quem seja glória para todo o sempre. Amém.
2 Timóteo 4:16-18
Ninguém me assistiu na minha primeira defesa, antes todos me desampararam. Que isto lhes não seja imputado.
Mas o Senhor assistiu-me e fortaleceu-me, para que por mim fosse cumprida a pregação, e todos os gentios a ouvissem; e fiquei livre da boca do leão.
E o Senhor me livrará de toda a má obra, e guardar-me-á para o seu reino celestial; a quem seja glória para todo o sempre. Amém.
2 Timóteo 4:16-18
Ninguém me assistiu na minha primeira defesa, antes todos me desampararam. Que isto lhes não seja imputado.
Mas o Senhor assistiu-me e fortaleceu-me, para que por mim fosse cumprida a pregação, e todos os gentios a ouvissem; e fiquei livre da boca do leão.
E o Senhor me livrará de toda a má obra, e guardar-me-á para o seu reino celestial; a quem seja glória para todo o sempre. Amém.
2 Timóteo 4:16-18
Ninguém me assistiu na minha primeira defesa, antes todos me desampararam. Que isto lhes não seja imputado.
Mas o Senhor assistiu-me e fortaleceu-me, para que por mim fosse cumprida a pregação, e todos os gentios a ouvissem; e fiquei livre da boca do leão.
E o Senhor me livrará de toda a má obra, e guardar-me-á para o seu reino celestial; a quem seja glória para todo o sempre. Amém.
2 Timóteo 4:16-18