sexta-feira, 9 de março de 2018

Comentário Bíblico Mensal: Março/2018 - Capítulo 2 - O Cristão em uma Era Globalizada




Comentarista: Romulo Ataíde


Texto Bíblico Base Semanal: Daniel 12:1-4; 8-13

1. E naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro.
2. E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno.
3. Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça, como as estrelas sempre e eternamente.
4. E tu, Daniel, encerra estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e o conhecimento se multiplicará.
8. Eu, pois, ouvi, mas não entendi; por isso eu disse: Senhor meu, qual será o fim destas coisas?
9. E ele disse: Vai, Daniel, porque estas palavras estão fechadas e seladas até ao tempo do fim.
10. Muitos serão purificados, e embranquecidos, e provados; mas os ímpios procederão impiamente, e nenhum dos ímpios entenderá, mas os sábios entenderão.
11. E desde o tempo em que o sacrifício contínuo for tirado, e posta a abominação desoladora, haverá mil duzentos e noventa dias.
12. Bem-aventurado o que espera e chega até mil trezentos e trinta e cinco dias.
13. Tu, porém, vai até ao fim; porque descansarás, e te levantarás na tua herança, no fim dos dias.


Momento Interação

Vivemos em um período com um grande crescimento e acúmulo de informações acessíveis à muitas pessoas, de modo que a ciência, a tecnologia, as inovações aparecem de modo surpreendente. O cristão diferente de outras épocas, tem de lidar com estas inovações de modo precavido, e disposto à ainda mais buscar ao Senhor, se lhe faltar a sabedoria (Tg 1.5). Um mundo globalizado é uma época marcada por inúmeros desafios que nos fazem refletir e pensar. Nesta semana estudaremos sobre o cristão em uma era globalizada e as ricas lições preciosas da Palavra de Deus que nos prepara para o que vier à nossa frente.

Introdução

A globalização é um tema que ultimamente vem sendo analisado e discutido entre estudantes e líderes evangélicos e, na maioria das vezes apenas seus aspectos negativos são abordados. Carecemos, como cristãos, de um esclarecimento a partir de uma abordagem bíblica e histórica para entendermos até onde seremos levados pela globalização, o que não é possível realizar num artigo como este.

No lado negativo da abordagem, a mídia tem destacado as manifestações anti-globalizantes em todo o mundo, geralmente feitas por pessoas que vivem em países de primeiro mundo e, portanto, as mais beneficiadas economicamente com a globalização. Fala-se no aumento da pobreza, do desemprego, do domínio de marcas e patentes, da dominação comercial de sementes para o plantio, etc. como os grandes causadores das crises mundiais.


I. O Advento da Internet no Século XXI

Home page, e-mail, Google, Skype, Messenger, Second Life, blog, Orkut, Facebook, Twitter, etc. A internet trouxe novos nomes e novos conceitos para a vida de todos que usam computador. Ela pode ser uma ótima ferramenta de informação, estudo, entretenimento, procurar emprego e amizade, mas também um grande perigo.

Surgiu no seculo 21 a “Era da informação”, tudo é virtual, o dinheiro, por meio de cartões de créditos pode pagar tudo e fazer compras. Os computadores sem eles, não é mais possível gerenciar qualquer coisa na face da terra, tudo gera em torno deles, programas, documentos, informações, e-mail, cadastros, projetos etc…; Com a ciência se multiplicando e as pessoas cada vez mais querendo viajar de um lado para o outro, demonstra mais um sinal dos últimos tempos. Na internet tem de tudo. Você pode fazer suas transações bancárias, fazer uma videoconferência com alguém que está do outro lado do mundo, ler livros gratuitamente, escutar músicas, jogar, fazer compras, pesquisar, ler jornal. Mas na internet também há muitas coisas erradas como textos, imagens e vídeos de pornografia, pedofilia e homossexualismo; conversação torpe e sem objetivo, vídeos e jogos cheios de violência. Além disso, existem inúmeras pessoas que usam a internet para cometer crimes como, por exemplo, roubo, uso de informações confidenciais alheias e a pirataria. Com tudo isso, como o cristão se mantém puro num mundo virtual cheio de impurezas?

Para navegar na internet de forma santa e para viver uma vida santa é necessário que o cristão tenha olhos santos. O nosso sentido da visão é responsável por grande parte de nosso contato com o mundo externo e de nossa aprendizagem. Deus sabe disso e por essa razão deixou bem claro na sua Palavra o cuidado que devemos ter com os nossos olhos. Jesus afirmou: “Se o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o e lança-o de ti; pois te convém que se perca um dos teus membros, e não seja todo o teu corpo lançado no inferno.” (Mt 5.28-29). Isso porque se os olhos forem bons, todo o corpo será puro (Mt 6.22-23). Um dos motivos pelos quais Jó foi descrito como um homem íntegro, reto, temente a Deus e que se desvia do mal (Jó 1.1) é porque ele fez uma aliança com seus olhos para manter sua pureza (Jó 31.1). Os olhos tiveram um papel fundamental nos pecados de Eva e de Davi (Gn 3.6; 2Sm 11.2). O salmista decidiu não por coisa injusta diante de seus olhos (Sl 101.3) e orou a Deus para desviar seus olhos de coisas vãs (Sl 119.37). Ao navegar na internet (assistir televisão, andar na rua), o cristão, seja homem ou mulher, precisa constantemente se lembrar destes ensinamentos bíblicos e cuidar de seus olhos para não pecar. É necessário que o cristão evite sites impróprios e seja corajoso para pedir aos colegas que parem de mandar e-mails com conteúdos impróprios. Se não queremos andar em trevas, precisamos ter olhos santos ao navegar pela internet, assistir televisão, andar na rua, em todo lugar e situação.


II. Informações Constantes à Cada Minuto

Um grande aumento em conhecimento e a facilidade de viajar para outras nações é um sinal dos últimos dias. Não estou aqui dizendo que já estamos na ultima geração, ou vivendo os últimos dias da humanidade aqui na terra, mas é um sinal dos últimos tempos. Não sabemos quando irá acontecer a vinda de Cristo, só que temos que sempre esta preparados como se Cristo viesse ainda hoje nesse momento nos levar. O que as pessoas devem fazer quando veem estes sinais acontecerem? No livro de Mateus 24.42-44 diz: “Vigiai, pois, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor; sabei, porém, isto: se o dono da casa soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa. Por isso ficai também vós apercebidos; porque numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem”.

O aumento de viagens e o progresso da ciência é um sinal. Daniel profetizou que muitos correrão de uma parte para outra. Essa profecia se cumpre nos dias de hoje: aumentos de viagens que as pessoas se deslocam a qualquer lugar do mundo durante todo ano e todos os dias, de avião, de navio, de carro. Nunca se houve um número tão imenso de pessoas viajando e se locomovendo por toda parte como nos últimos anos. Muitos aeroportos estão atingindo o seu limite máximo de vôos para atender um grande fluxo de passageiros para os mais diversos locais do Brasil e do mundo. Daniel afirma no seu livro que a ciência se multiplicaria.

No seculo 20 ocorreu um grande avanço tecnológico em todas as áreas. Informatica, Indústria, eletrônica, genética, clonagem etc… O homem passou a dominar tecnologicamente todas as áreas da ciência.


III. A Globalização Existe

Existem controvérsias sobre quando teria começado a Globalização. Uns dizem que ela teve início com as expansões marítimas em busco do “Novo Mundo”, por volta de 1500, empreendidas pelos países europeus.
Já outros, creem que ela teve início no fim do século XX e início do século XXI. Uma coisa é fato: a Globalização existe. Ela integra países que formam blocos econômicos, facilitando as negociações entre eles. Outro ponto da Globalização é a sua abertura da fronteira humana para a receptividade cultural. A Globalização exige que a relativização de padrões morais, religiosos e culturais seja abraçada, para que se evite a absolutização desses padrões com o fim de não prejudicar a conivência entre as diversas partes que se inter-relacionam.

Com isso, e em nome do respeito à diversidade, o pluralismo deve ser aceito, respeitado, mas não criticado. O politicamente correto cerceia humoristas, pensadores, escritores e a imprensa, e com muita frequência, a Igreja –– que apregoa verdades consideradas absolutas, e que são válidas para toda a humanidade.

Assim como a maioria dos cristãos em todo o mundo, cremos em verdades absolutas, mas isto não significa que somos contrário a existência das outras religiões, culturas e padrões morais. Nós apenas entendemos que, tanto nós como os de outras vertentes, podemos –– e devemos –– questionar esses padrões. Mas se eu o fizer, estarei “ofendendo” ao outro, e nossa convivência estará prejudicada. Para nós que cremos que o homem, depois do pecado original pode ir para o inferno, depois de morto, temos, por via lógica e humanitária –– e por incumbência de Jesus –– de pregar a salvação aos perdidos.

Mas como fazer isso sem que eu emita ofensas, uma vez que vou dizer ao meu interlocutor, seja ele meu compatriota ou não, que ele é um pecador, precisa reconhecer-se na condição de tal, se arrepender e aceitar a Jesus? Sobre esse assunto o apostolo Paulo fez uma advertência à igreja da Galáxia, quando disse: “Todos os que querem mostrar boa aparência na carne, esses vos obrigam a circuncidar-vos, somente para não serem perseguidos por causa da cruz de Cristo (…) porque trago no meu corpo as marcas do Senhor Jesus” (Gl 6.12, 17).


IV. A Evangelização na Era Virtual

Você sabe porque podemos usar a internet para evangelizar? Quais os motivos que nos levarão a ter êxito ou fracasso na evangelização? Muitas vezes nos preocupamos com muitas coisas e acabamos deixando de lado poderosas ferramentas que nos auxiliam para falar do amor de Deus. Aqui estão 7 razões para Evangelizar na Internet:

1- Jesus nos deixou como mandamento: "Ide por todo o Mundo" (Mc 16.15).

Jesus nos disse : "Ide e pregai o evangelho a toda a criatura". Já percebeu que muitos encaram o evangelizar como opcional? Evangelizar é mais que mandamento; é um ato de gratidão mediante a tudo quanto o Senhor tem feito por nossa vida. Se hoje você conhece a Jesus foi por intermédio de alguma ferramenta. E porque não usar o Facebook, Twitter, WhatsApp e Google+ para falar do amor de Deus?

2- A internet nos da acesso ao "mundo inteiro":

A internet é uma ferramenta tão poderosa que hoje o mundo se comunica através dela. Uma pessoa pode falar do Japão com uma do Brasil sem o menor problema. E essa é uma das maiores vantagens dessa ferramenta, ela te leva a vários lugares sem que você saia de casa.

3- Ela dá acesso a lugares e casas onde alguém por mais que quisesse não conseguiria adentrar para falar de Jesus: 

Com um clique as pessoas podem ouvir um hino, ouvir uma pregação ou uma conversa abençoada nas redes sociais. Já experimentou falar de Jesus para algum amigo seu de alguma rede social?


4- Ela extingue qualquer preconceito com pessoas, uso e costumes cristãos:

Uma das vantagens de falar de Jesus pela Internet é que a pessoa que está sendo evangelizada nunca vai ficar olhando para a cor do teu sapato, vestido, calça, camiseta etc. O foco é totalmente na poderosa palavra de Deus.

5- A internet te leva a pessoas que de outra forma talvez você não chegaria:

Um exemplo bem clássico disso são as várias e várias web-rádios espalhadas pelo Brasil e mundo. Desta maneira podemos evangelizar não só pessoas da nossa cidade como também de muitos estados e países. Isso não é uma maravilha?

6- É um campo fértil e propício para falar de Jesus:

Já imaginou que muitas pessoas passam o dia navegando na internet? Existem ainda algumas pessoas que passam longas 10 a 12 horas seguidas no PC. Sem contar que podemos encontrar na internet pessoas necessitadas de uma direção espiritual ou de uma palavra amiga: "A seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros" (Mt 9.37). Seja um ceifeiro (a) da última hora. EVANGELIZE!

7- Ela é acessível:

Hoje a tecnologia está muito avançada e a Internet está disponível na maioria dos países e não é exclusividade de "uma" ou "outra" classe social. A internet é acessível para o rico, pobre, crente, descrente, homem, mulher etc..; Em qualquer lugar hoje encontramos uma Lan House disponibilizando o serviço. O bom disso tudo é que as pessoas que tem alguma limitação motora (cadeiras de rodas ou muletas etc). podem evangelizar da mesma maneira: "..Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns" (1 Co 9.22). Você pode sim evangelizar pela Internet. Comece hoje e seja luz para o mundo. Fale do amor de Jesus, evangelize!