sexta-feira, 9 de junho de 2017

Comentário Bíblico Mensal - Junho/2017 - Capítulo 2: O Chamado de Jonas



Capítulo 2: O Chamado de Jonas

Introdução

Neste capítulo veremos sobre o início do capítulo 1, através da chamada do Profeta Jonas à Ninive, e sua fuga para Társis. Veremos que o chamado do Senhor, é único, exclusivo, vital, e a Palavra do Senhor é soberana. Que nestes dias terríveis e trabalhosos, venhamos sempre dar ouvidos à Voz do Senhor. 

I. O Chamado do Senhor à Jonas

O Senhor Deus chamou a Jonas para uma missão importante, ir ao povo de Nínive, e pregar a mensagem que ele tinha dito: O Clamor para arrpendimento (Jn 1 1.2 ;3.1,2). O Senhor Deus chamou à Jonas pela sua Palavra (Jn 1.1). Não é as nossas palavras que produzirão efeito nas pessas. É a própria Palavra de Deus que irá trabalhar e atuar nas pessoas.

II.O Povo de Nínive

Nínive era capital do poderoso e cruel império da Assíria. Jonas sabia que esta nação apresentava a maior ameaça imaginável para seu próprio povo de Israel. Deus havia tolerado durante algum tempo a impiedade daquela cidade. Mas quando a malícia chegou ao Senhor (Jn 1.2) Deus envia à Jonas para pregar o arrependimento. Que versículo maravilhoso ! Deus dando a oportunidade ao povo para se arrepender. Graças damos ao Senhor pela oportunidade que ele nos concede para nos arrependermos dos nossos pecados, como agora enquanto lemos este estudo.

III. Jonas vai para outro caminho

O profeta temia e desprezava os ninivitas tanto que tentou fugir de Deus e da sua responsabilidade dada por Deus. Ao invés de ir direto para Nínive, como Deus havia ordenado, Jonas desceu para o porto de Jope e comprou uma passagem para viajar para Társis. Ele estava fugindo na direção oposta, tentando se distanciar de Nínive e do próprio Senhor! Mas o Senhor Deus não perde ninguém de vista, como veremos na próxima semana.

Conclusão

Mais uma vez, digo que Deus não perde ninguém de vista. Uma vez que a Palavra do Senhor é anunciada e mencionada, só tem um objetivo: A Glória de Deus. Que venhamos expor à Palavra para a Glória de Deus.