terça-feira, 5 de junho de 2018

Comentário Bíblico Mensal: Junho/2018 - Capítulo 1 - Conhecendo o Livro de Joel



Comentarista: Leonardo Pereira


Texto Bíblico Base Semanal: Hebreus 11.32-38

32. E que mais direi? Faltar-me-ia o tempo contando de Gideão, e de Baraque, e de Sansão, e de Jefté, e de Davi, e de Samuel e dos profetas,
33. Os quais pela fé venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam as bocas dos leões,
34. Apagaram a força do fogo, escaparam do fio da espada, da fraqueza tiraram forças, na batalha se esforçaram, puseram em fuga os exércitos dos estranhos.
35. As mulheres receberam pela ressurreição os seus mortos; uns foram torturados, não aceitando o seu livramento, para alcançarem uma melhor ressurreição;
36. E outros experimentaram escárnios e açoites, e até cadeias e prisões.
37. Foram apedrejados, serrados, tentados, mortos ao fio da espada; andaram vestidos de peles de ovelhas e de cabras, desamparados, aflitos e maltratados.
38. (Dos quais o mundo não era digno), errantes pelos desertos, e montes, e pelas covas e cavernas da terra.

Momento Interação

Prezado estudante da Palavra de Deus. Pela graça do Senhor nosso Deus, neste mês de Junho no Comentário Bíblico Mensal, estudaremos acerca do Livro do Profeta Joel, um dos doze profetas menores (Jl 1.1). A importância do estudo deste livro se deve ao fato de que muitos dos eventos que ocorreram no período em que o livro foi redigido, tem um grande impacto para reflexão e na vida e na conduta de muitos cristãos nos dias de hoje. Joel foi um profeta com uma mensagem de impacto para toda uma nação, de modo que possamos refletir em sua mensagem vinda do Senhor, e as várias lições que podemos extrair deste grande profeta enviado por Deus. O comentarista deste mês é o irmão Leonardo Pereira. Ministro do Evangelho, articulista e membro da equipe educacional do Ministério Evangelho Avivado. Roguemos ao Senhor da Glória, que o livro do Profeta Joel possa nos fazer ainda mais nos achegarmos ao Senhor Deus (Os 6.3; Tg 4.8), de maneira que não venhamos cair no engodo do maligno. Bons Estudos!

Introdução

A mensagem que se encontra no livro do profeta Joel é absolutamente vital e importante para os nossos dias. A mensagem profética sempre é manifestada pelo Senhor através dos profetas do Antigo Testamento com suas mensagens que são absolutamente atuais, vitais e necessárias para os nossos dias (Rm 15.4; Ef 2.20; 2 Tm 3.16). Os profetas do Antigo Testamento tem em muito, grandes ensinamentos para nossas vidas éticas, morais, sociais e espirituais. Lamentavelmente, os profetas do Antigo Testamento, mais especificamente os Profetas Menores (Conhecidos como os Doze Profeta Menores),os grande oráculos do Senhor, tem sido negligenciado por muitos irmãos em Cristo, os considerando como segundo plano, como leitura apenas didática, o que é um erro terrível (Jl 1.1; Jo 5.39). O livro de Joel é ao mesmo tempo Profético e Escatológico.. Sua mensagem é uma mensagem atual, de arrependimento ante a vinda do juízo eminente do Senhor e do Grande Dia do Senhor. Começa com uma reflexão de julgamento divino, chegando ao seu fim com bênçãos do Senhor para aqueles que ouvem a poderosa voz de Deus, sendo guiados e orientados por Ele (Rm 8.14).
Neste capítulo, o primeiro capítulo do Comentário Bíblico Mensal deste mês, estudaremos acerca sobre o profeta Joel, o livro que leva o seu nome, data do livro, e o conteúdo e a mensagem profética deste livro acerca do "Profeta do Pentecostes".

I. Autoria e Data do Livro de Joel

Não sabemos muito acerca do profeta Joel e de sua vida. É um dos profetas do Antigo Testamento em que poucas informações são encontradas. As informações importantes que conhecemos do profeta se encontram no livro profético que leva o seu nome, e no livro de Atos na citação do apóstolo Pedro, mencionando que a profecia de Joel foi cumprida ali no pentecostes (At 2.16-22). O profeta Joel, direcionado pelo Senhor Deus, profetizou na nação de Judá. Ele é conhecido por seu pai ser mencionado no livro "Joel, filho de Petuel", e é o próprio autor do livro que leva seu nome (Jl 1.1). Um ponto em que há embates no livro de Joel é acerca da data do livro. Alguns autores bíblicos e teólogos o datam no ano 830-835 a.C. Época esta da nação, em que estava sendo governada pelo rei Joás, de apenas oito anos de idade, sendo instruído pelo sumo sacerdote Joiada na época (2 Rs 12-13; 2 Cr 24). Já outros autores o colocam no período pré-exílico entre 500 - 410 a.C. Pontos aqui é importante verificarmos para chegarmos a uma importante reflexão da data do livro.

: O profeta Joel não faz citação nenhuma aos reis contemporâneos, mas cita os sacerdotes (Jl 1.13).

: Não se refere a Babilônia ou a Assíria como nações que estava em guerra contra Judá, o que faz colocar este livro em uma posição ou antes da ação dos reinos, ou depois da ação dos reinos, como mencionei nas datas acima.

Embora a data ainda possa estar em um debate muito efetivo até os dias atuais, muitos teólogos recentes com pesquisas exaustivas e até para este estudo, é coerente colocarmos o profeta Joel como da época do Rei Joás e do Sumo Sacerdote Joiada, devido a duas importantes informações que encontramos no livro de Oseías e de Amós. Primeiro, Joel não cita nenhum efeito anterior, ou posterior de ataque das nações da época a nação de Judá. e Segundo, Os profetas Amós e Oséias citam Joel, que são contemporâneos da época da mensagem profética de Joel. Assim a datação deste livro profético tem um norte muito forte entre o período de 830-835 a.C. 

II. O Propósito do Livro de Joel

O livro do profeta Joel foi escrito com um objetivo histórico e profético. Joel denuncia com grande veemência os pecados da nação, e o Senhor por meio dele, enfatiza as grandes consequências do efeito do pecado na nação. O contexto da profecia de Joel se encontra com muitos aprendizados morais e espirituais em nossas vidas, como a conservação da profecia do livro para as próximas gerações (Jl 1.2,3), sobre o despertamento do povo em decorrência do juízo divino (Jl 1.5-14), a crise instaurada na nação de Judá decorrente do pecado do povo (Jl 1.4,15-20), e o Grande Dia do Senhor (Jl 2.1-17). O livro do profeta Joel também retrata uma promessa de fartura com bênção espirituais e também físicas. O livro aborda acerca do derramamento do Espírito Santo prenunciado pelo profeta (Jl 2.28-32). O livro aborda acerca do juízo divino do Senhor sobre as nações inimigas e o reconhecimento dos povos sobre a soberania de Deus (Jl 3.1-21).

III. A Importância deste Livro Profético para os Nossos Dias

O conteúdo do livro profético de Joel aborda muitas questões que são completamente atuais em nossas vidas. O livro trata acerca do povo sendo completamente insensível ao pecado, não somente de uma ou duas pessoas, mas sim, de todo o povo, de toda a nação. Também trata sobre a necessidade vital de nos conscientizarmos sobre o nosso pecado. Toda a nação sofre com o pecado. Nem os animais escapam. Falta mantimento na nação, falta alimento para os animais, falta sustento para a casa do Senhor. Não havia mais culto em Judá. A nação parou literalmente. O livro mostra-nos que devemos clamar continuamente a Deus, por graça e misericórdia em nossas vidas. Também o livro aborda que a obediência ao Senhor nos leva à bençãos morais e espirituais. O Senhor atenta para todos nós, nos levando sempre a refletirmos sobre a nossa conduta  diante de Deus e dos homens. O momento mais lembrado dos estudiosos e pregadores é certamente Joel 2.28-32, que trata sobre a promessa da vinda do Espírito Santo e seu efeito na Igreja de Cristo, e sobre o juízo divino das nações que não estão de acordo com a vontade Deus, que prosseguem em suas maldades e perversidades.

Certamente o livro de Joel é um livro absolutamente atual que todos nós devemos nos atentar para a mensagem ali escrita e inspirada pelo Senhor, nos levando a um relacionamento maior com Ele (Gn 1.1; Jl 1.1; 2 Tm 3.16,17; 2 Pe 1.21).